Prateleira Ágil

Prateleira Ágil

Esta é a minha prateleira de livros sobre agilidade no desenvolvimento de software. Os livros que já li nesta caminhada e que mais fizeram a diferença pra mim estarão aqui.

(Este artigo estará em evolução constante…)

1. Mike Cohn, User Stories Applied

O Mike Cohn tem muita experiência no assunto e este livro é o livro texto sobre histórias de usuário.

Nele você consegue ter uma visão geral do que é uma história de usuário, como usá-las (e como não usá-las), como escrever e como escrever testes com histórias de usuário.

Também entra um pouco nas estimativas, story points e planejamento de iterações e releases.

Conheça o livro, mas fique atento ao que funciona para você e para o seu contexto.

Nos posts abaixo eu falo mais um pouco sobre histórias de usuário:

2. David J. Anderson, Kanban

O David Anderson é o criador do método Kanban. E o livro aborda os pontos essenciais para você montar um sistema Kanban que funcione de verdade.

Aborda temas como tipos de demandas, classes de serviço, como projetar o sistema para respeitar a capacidade da equipe.

Ele vai te mostrar também o que explorar para melhorar o seu processo de trabalho de forma incremental. Na verdade, esse é um dos princípios de Kanban, comece com o que você faz hoje e evolua experimentalmente.

E por isso, mostra um outro caminho para a agilidade com a adoção incremental e como menos resistência à mudança.

Nos posts abaixo você encontra alguma coisa relacionada a Kanban:

3. Elyahu Goldratt, A Meta

Este livro começou a me mostrar a incoerência de gestão tradicional em empresas. Como a busca pela eficiência local por si só é um erro. Como é preciso se preocupar com o processo de produção como um todo e não somente com um nicho, um departamento.

E é relativamente simples fazer um paralelo dessa realidade de fábrica com os processos de desenvolvimento de software. Com gestores preocupados em aumentar a eficiência dos desenvolvedores enquanto ao mesmo tempo o trabalho se acumula na frente do cliente para validar o que foi desenvolvido.

O Elyahu Golratt nos apresenta a teoria das restrições em uma história envolvente. Eu não conseguia parar de ler. A cada capítulo novos desafios são apresentados ao protagonista, novos problemas aparecem enquanto aquela fábrica não apresenta bons resultados. Com a ajuda de um consultor, os problemas vão sendo resolvidos um após o outro e deixando o processo de produção mais enxuto.

Para os mais apressados, existe um filme sobre o livro. Não deve ter todos os detalhes e a qualidade da imagem não é das melhores, mas pra economizar um tempinho…

O filme está aqui.

4. Henrik Kniberg, Scrum and XP from the Trenches

Esse foi um dos primeiros livros que eu li sobre Scrum e XP e ele é realmente interessante.

Não é um livro que vai te falar o que é o Scrum ou o que é o XP. Mas ele vai te mostrar o que a equipe do Henrik Kniberg foi testando durante seus primeiros contatos com esses métodos. O que eles foram variando nos métodos e vendo se funcionava para eles ou não.

E o você ainda pode baixar o livro de graça aqui.

Fechando

Estamos no início da prateleira ágil e ainda virão muitos outros livros de excelentes autores. Enquanto novos livros não aparecem por aqui, fique ligado na aula gratuita sobre histórias de usuário. Clique aqui para assistir.

%d blogueiros gostam disto: