Maratona ou 100m rasos? (Quote #3)

Maratona ou 100m rasos? (Quote #3)

It’s a marathon, not a sprint. – Lyssa Adkins

As olimpíadas passaram, mas ainda estão nas nossas memórias (menos as para-olimpíadas que ainda estão rodando…). E esta frase da Lyssa nos lembra muito bem que desenvolver software é uma maratona.

Se nossos times estão se comportando como numa corrida de 100 ou 200 metros, largando em alta velocidade, eles não vão ter energia para o projeto todo. Ou para mais de um projeto. Afinal, você não quer seu time morto depois de um projeto. Outros virão…

E o que é correr um 100 metros rasos no desenvolvimento de software? Alguns sintomas disso são:

  • O time se comprometer com entregas muito grandes no início de um projeto;
  • E não ajustar esse comprometimento com sua velocidade real;
  • No Scrum, seria o time se comprometer com mais pontos de história do que consegue entregar sprint após sprint e nunca ajustar para uma velocidade mais próxima da sua realidade;
  • Horas extras para cumprir prazos no início de um projeto; e
  • Defeitos não são corrigidos para o time conseguir entregar as histórias que foram prometidas.

Correr uma maratona é achar a cadência certa para o seu time… Podemos até dar um sprint no final, mas continua sendo uma maratona. Continuamos precisando achar a cadência certa. Senão, corremos o risco de abandonar a corrida antes que ela termine.

Se você está correndo ou já correu os 100m rasos no desenvolvimento de software? Quais outros sintomas você consegue identificar? Deixe seu comentário abaixo.

Seu comentário aqui

%d blogueiros gostam disto: